O Ancião da Floresta

Com a água pelo joelho, o ancião da floresta contempla a imensidão do rio. O cajado em sua mão apoia a sua idade ou é o cajado com o qual abre o rio? Ninguem sabe.A contemplação do rio o faz lembrar das suas poesias fluídas, aquelas que escorrem do poeta e desaguam no leitor. Poesias … Continue lendo O Ancião da Floresta

Publicidade

Bom dia seu Poeta

(Homenagem a Carlos Drummond Andrade) Bom dia seu poetaTu que ficas aí do lado esquerdo da vidaPescando palavras e a ferida cutucandoPoetizas o mundo inteiro numa só dormidaE inspiras o vento de vez em quando Bom dia seu poetaQue olhas o azul do céu com olhos verdesQue com rimas minha sede saciaEmbalando pensares em poéticas … Continue lendo Bom dia seu Poeta