Crônicas da Surdez

A autora:
A autora Paula Pfeifer é bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), é técnica do Tesouro do estado do Rio Grande do Sul. Recebeu o diagnóstico de deficiência auditiva bilateral neurossensorial progressiva aos 16 anos. É surda oralizada e fala português, inglês e espanhol. Seu blogue “Crônicas da Surdez” tem milhares de acessos mensais e leitores de países como Portugal, Alemanha, Espanha, Estados Unidos e Argentina, além de já ter sido notícia nos mais importantes jornais e revistas brasileiros. Escreve, ainda, o blogue “Sweetest Person”. Matéria de sua autoria publicada na revista “TAM nas Nuvens” em 2012 foi incorporada ao XI Manual of Pediatric Otorhinolaryngology. A deficiência auditiva impede o ser humano de levar uma vida normal? A autora do livro é a prova viva de que não. Funcionária pública em Santa Maria (RS), Paula nunca se deixou rotular. Claro que, ao receber o diagnóstico de deficiência auditiva ficou abalada. Depois da negação, veio a necessidade de saber mais, de conhecer o problema e de encontrar maneiras de superar obstáculos. Paula encontrou no Implante Coclear a tecnologia assistiva ideal para a sua reabilitação auditiva, para a continuidade de seus projetos e sonhos. Bonita, inteligente, produtiva, poliglota e apaixonada por viagens, ela conta nesta obra suas experiências e descobertas e mostra que, com informação e apoio, as deficiências podem se tornar lições de vida.

A obra:
Nesta obra, Paula Pfeifer discute um assunto que, por vezes, se torna tabu: a deficiência auditiva, que tanto afeta a comunicação e a interação humanas. Porém, a autora passa longe da autocomiseração e mostra que os surdos podem e devem levar uma vida feliz, independente e produtiva.

Dividido em três partes, o livro relata como Paula lidou com as dificuldades e as agruras da surdez, traz textos que ela escreveu no blogue “Crônicas da Surdez”, além de apresentar depoimentos emocionantes de leitores. Temas como preconceito, tecnologia, mercado de trabalho e bullying são apresentados de forma leve, sem julgamentos permitindo aos deficientes auditivos, a seus familiares e a profissionais de saúde refletir sobre as experiências cotidianas e sobre a capacidade de superação inerente a todos nós.

Tem 150 páginas e foi lançado já em 2ª edição pela PLEXUS Editora, em 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s