Pensar

Pululam ideias
Engendram-se pensamentos
Lançam-se ao córtex cerebral
Em balbúrdia neural
Antevejo a estrutura ideal
Na busca plena do real
Norteiam-me elementos vários
Infinitos objetos subjetivos
Esboços viajam
Em sinapses nervosas
Qual jangadas via impulsos nervosos
Amplitudes de frequências do pensar
Moléculas vibrantes a colidir
Mentalizadas
No devaneio do criar
Esvoaça-me o concreto
No negrume cinza
Do abstrato mental
Balbucio o subjetivo
Tateio ideias
No depuro do pensar
Releio a memória
Organizo-me

Reflexão vital
Que faz e refaz a vida

ATENÇÃO: esta obra é protegida pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/989) e foi registrada. É permitida a publicação em sites e blogs desde que citado o autor e a fonte com link. Para ser publicada em livros e e-book pagos, envie um e-mail para aldairars60@gmail.com para poder receber a autorização gratuita para a publicação.

Um comentário em “Pensar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s