“Sofredura”

Cidadão
Sofre
Eleição
Sofredura
Fazer o quê?

Cidadão indecisamente
Errante errador
Na vacuidade da opção
Dos males o menor?

Cidadão forçadamente
Sofrente
Sofrer muito
Ou muito sofrer?
Eis a questão (!?)

Cidadão indecentemente
Morrente consciente
Ci – da – dão
Se dá, dão?
Dão!
Telha e tijolo
Por voto
E consciência!

Poesia finalista do Prêmio de Poesia do SESI-COMPOESI, em 2001. Publicada na antologia poética “Compoesi – Concurso de poesia – 2001 a 2004”. Boa Vista – RR: SESI, 2005.

ATENÇÃO: esta obra é protegida pela Lei de Direitos Autorais(Lei 9.610/989)e foi registrada. É permitida a publicação em sites e blogs desde que citado o autor e a fonte com link. Para ser publicada em livros e e-book pagos, envie um e-mail para aldairars60@gmail.com para poder receber a autorização gratuita para publicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s